Governo devolve às empresas os apoios à contratação

Governo devolve às empresas os apoios à contratação

Design sem nome (3)

Medidas de apoio à contratação voltam a vigorar até final de Julho de 2020

Foi publicada hoje dia 24 de Outubro a Portaria n.º 383/2019 que procede à segunda alteração à Portaria n.º 254/2017, de 11 de Agosto, e à Portaria n.º 347-A/2017, de 13 de Novembro, no âmbito das medidas de apoio aos incêndios, nomeadamente, a Medida Estágio e a Medida Contrato-Emprego levadas a cabo pelo Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP), alargando o prazo para o final de Julho de 2020.

 

Recorde-se que a 7 de Junho de 2019, foi publicada a Portaria 178/2019, que sem qualquer comunicação prévia ou explicação terminou com os apoios à contratação atribuídos até fins de 2020, para o dia 31 de Julho de 2019 (um ano antes do atribuído).

 

De acordo com o Presidente da AESL, Carlos Alves, “é com enorme orgulho e satisfação que a AESL, em representação de todos os empresários dos 59 concelhos afetados pelos incêndios de Julho e Outubro de 2017 (mais de 77 mil empresas), recebeu esta notícia.”

Afirmou ainda “Não podemos deixar de agradecer o apoio fundamental da Câmara Municipal da Lousã, na pessoa do Sr. Presidente Luís Antunes, que foi incansável. Bem como, enaltecer o trabalho em equipa de todos os agentes envolvidos nesta revindicação, nomeadamente Confederações Empresariais, Associações Empresariais, Empresas e Municípios. “O interior está de parabéns, provámos uma vez mais que juntos podemos fazer a diferença e subverter decisões que podem por em causa o bom desenvolvimento das regiões do país.”

 

A Portaria hoje publicada permite agora até 31 de Julho de 2020, que todas as empresas dos 59 concelhos afetados pelos incêndios de 2017, que aumentem o número de colaboradores possam candidatar-se a apoios do IEFP e da Segurança Social ou candidatar-se à medida Estágio Profissional e obter majoração de apoios na ordem dos 25%.