Formação-Ação | Melhor turismo 2020


melhorTurismo2020

PROJETO CONJUNTO | FORMAÇÃO-AÇÃO

CTP – Melhor Turismo 2020 (AAC 05/SI/2015)

Identificação e Enquadramento do projeto:
Concursos (Aviso): POCI-60-2016-05
Projeto nº: POCI-03-3560-FSE-000257
Programa Operacional: Programa Operacional Competitividade e Internacionalização
Fundo: FSE
Eixo Prioritário: Promoção e sustentabilidade e da qualidade do emprego
Objetivo temático: Promoção e sustentabilidade e da qualidade do emprego e apoiar a mobilidade laboral
Prioridade de Investimento: Adaptação dos trabalhadores, das empresas e dos empresários à mudança
Tipologia da operação: Formação-Ação para PME
Organismo Intermédio: CTP – Confederação do Turismo Português
Montantes Envolvidos:
Custo Total elegível: 148 407,30 €
Comparticipação FSE: 107 473,50 €

Síntese do projeto:
Com este projeto pretende-se dar o contributo efetivo às PME para a formação dos empresários e gestores para reorganização e melhoria das capacidades de gestão, nas temáticas selecionadas. Este contributo efetivo é alcançado através da implementação de um programa estruturado de intervenção no conjunto das PME abrangidas visando a obtenção de soluções comuns e coerentes face a problemas ou oportunidades a explorar.
Descrição e objetivos do Projeto;
Intensificar a formação dos empresários e gestores para a reorganização e melhoria das capacidades de gestão, assim como dos trabalhadores das empresas, apoiada em temáticas associadas à inovação e mudança, através de:
• Aumento da qualificação específica dos trabalhadores em domínios relevantes para a estratégia de inovação, internacionalização e modernização das empresas;
• Aumento das capacidades de gestão das empresas para encetar processos de mudança e inovação;
• Promoção de ações de dinamização e sensibilização para a mudança e intercâmbio de boas práticas.

Metodologia de Formação-Ação:
A formação-ação é uma intervenção com aprendizagem em contexto organizacional e que mobiliza e internaliza competências com vista à persecução de resultados suportados por uma determinada estratégia de mudança empresarial. Os tempos de formação e de ação surgem sobrepostos e a aprendizagem vai sendo construída através do desenvolvimento das interações orientadas para os saberes-fazer técnicos e relacionais. Trata-se assim de uma metodologia que implica a mobilização em alternância das vertentes de formação (em sala) e de consultoria (on the job).

O projeto será desenvolvido entre 2017 e 2018, com a duração máxima de 24 meses, de acordo com o seguinte padrão:

tabela3


Domínios de Intervenção


Ciclo Planeamento
– Gestão estratégica
– Gestão administrativa e financeira
– Gestão de equipas de trabalho
– Marketing e Publicidade
– Estratégias de Internacionalização
– Qualidade de serviço na hotelaria, restauração e Turismo
– Proteção ambiental

Ciclo Temático
– Acolhimento e atendimento ao cliente, incluindo a gestão de reclamações
– Controlo e gestão
– Marketing e gestão de canais online
– Negociação e vendas
– Segurança e gestão de riscos
– Gestão de aprovisionamento e relação com fornecedores
– Comunicação em Língua estrangeira
– Técnicas específicas de prestação de serviço, como por exemplo serviço de restaurante, serviço de bar, cozinha internacional, produção de doçaria tradicional, orientação de atividades de ar livre, atividades de animação turísticas, serviço de vinhos, etc.

Financiamento:
90 % das despesas elegível.